|
  • Bitcoin 141.935
  • Dólar 4,8850
  • Euro 5,1568
Londrina

Mundo

m de leitura Atualizado em 18/03/2022, 19:50

'Nunca tivemos tanta força', diz Putin ao discursar em Moscou

A polícia de Moscou diz que mais de 200 mil pessoas acompanharam o discurso do presidente, sendo 95 mil no Estádio Luzhniki

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 18 de março de 2022

Folhapress
AUTOR autor do artigo

Foto: Sergei Guneyev/Pool/AFP
menu flutuante

São Paulo  - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, discursou nesta sexta-feira (18) em um estádio lotado em Moscou, capital russa, sobre a guerra na Ucrânia. "Nunca tivemos tanta força", disse.

O pronunciamento marca o oitavo aniversário da anexação da península Crimeia pela Rússia - que ocorreu em 2014.

A polícia de Moscou diz que mais de 200 mil pessoas acompanharam o discurso do presidente Putin - 95 mil nas arquibancadas e mais de 100 mil nos arredores do Estádio Luzhniki, onde foi realizada a final da Copa do Mundo de 2018.

Após o discurso, uma banda começou a tocar e os russos presentes nas arquibancadas gritaram o nome do país.

Putin também exaltou o que chama de "operação especial" para combater pessoas definidas como nacionalistas perigosas em território ucraniano. Nesta sexta, o conflito entrou no 23º dia, com novos registros de ataques pela Ucrânia, inclusive no oeste do país.

Nós vemos como está sendo heroica a ação dos nossos militares nessa operação. Eles estão sendo como um irmão de verdade, protegendo o outro contra balas com o próprio corpo."

No estádio, milhares de pessoas agitavam bandeiras da Rússia, fazendo cânticos nacionalistas e exibindo a letra "Z" no estádio Luzhniki. A letra passou a ser estampada em equipamentos das Forças Armadas russas e virou símbolo dos apoiadores da guerra.