Netanyahu oferece ajuda a Bolsonaro para lidar com o coronavírus


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, falou com o presidente Jair Bolsonaro por telefone, nesta quarta-feira (28), e ofereceu ajuda ao brasileiro para lidar com o combate ao coronavírus.

De acordo com um comunicado do governo israelense, o premiê expressou solidariedade com a situação do Brasil e sugeriu colaboração com as indústrias brasileiras para "produção de equipamentos médicos necessários para lidar com a pandemia".



Além disso, Netanyahu propôs uma conversa entre especialistas brasileiros e israelenses para "transmitir a experiência cumulativa de Israel no tratamento do vírus".

O comunicado não cita a resposta de Bolsonaro, mas diz que o presidente parabenizou o líder israelense por estabelecer um governo de coalizão e que espera "continuar a fortalecer os laços entre os dois países".



De acordo com a universidade Johns Hopkins, Israel registrou, até esta quinta-feira (28), mais de 16 mil casos e 281 mortes por coronavírus. Já o Brasil tem cerca de 411 mil casos e mais de 25 mil mortes.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Tudo sobre:

Últimas notícias

Continue lendo