Kremlin sob suspeita em sumiço de jornalista
A controvérsia sobre o desaparecimento do jornalista russo Andrei Babistki, da Radio Liberty intensificou-se ontem com colegas seus afirmando temer que esteja morto. O governo russo assegura que Babitski foi entregue aos rebeldes em troca de cinco soldados russos. Os chechenos negam. A Associação dos Correspondentes Estrangeiros da Rússia condenou a ameaça que o caso representa para a democracia e frisou que toda a responsabilidade pelo destino dele recai sobre o presidente Vladimir Putin.