Grã-Bretanha deve libertar Pinochet
A Grã-Bretanha ‘‘tem a intenção’’ de libertar o ex-ditador chileno Augusto Pinochet, depois dos exames médicos que mostraram que o general não está em condições de ser submetido a um julgamento, revelou nesta terça-feira o ministro britânico do Interior, Jack Straw. Segundo Jack Straw, o governo britânico está ‘‘disposto’’ a suspender o processo de extradição de Pinochet para a Espanha, país que quer julgar o general por violações dos direitos humanos durante a ditadura militar chilena (1973-1990). O Home Office destacou em um comunicado que a ‘‘inequívoca e unânime’’ conclusão da junta de médicos que examinou Pinochet no dia 5 de janeiro é de que ‘‘atualmente ele está incapacitado para ser julgado e que não se pode esperar uma mudança nesta situação’’.