DIÁLOGO EUA reduzem embargo contra o Irã A secretária de Estado Madeleine Albright anunciou que vai permitir importações iranianas de caviar, pistache, tapetes e frutas secas France PressePOLÍTICA EXTERNAMadeleine Albright: ‘‘Medidas refletem nosso desejo de melhoria das relações com o Ir㒒 France Presse De Washington Os Estados Unidos decidiram aliviar seu embargo econômico contra o Irã e estão dispostos a restituir os ativos congelados desde 1979, anunciou a secretária de Estado americana Madeleine Albright. Em um discurso no qual expôs sua política em relação ao Irã, Albright afirmou que Washington está pronto para restituir ao Irã os bens congelados desde a revolução islâmica de 1979 e permitir as importações iranianas de A decisão responde a uma tentativa de facilitar o diálogo com a República Islâmica. A secretária de Estado também deu um passo incomum ao reconhecer a ocorrência no passado de interferência americana nos assuntos internos iranianos. No entanto, ao lembrar o suposto apoio do Irã ao terrorismo e seus esforços para adquirir armas de destruição maciça, a secretária de Estado advertiu Teerã: ‘‘Enquanto estas políticas não mudarem, as relações normais entre nossos dois governos não serão possíveis e nossas principais sanções vão continuar’’. Quanto aos bens iranianos congelados pelos Estados Unidos desde a revolução islâmica de 1979, frisou que o objetivo de Washington era ‘‘solucionar os relativamente poucos mas significativos contenciosos que ainda estão na corte (internacional) de Haia’’. A secretária de Estado também deu um passo raro ao reconhecer a passada interferência americana nos assuntos internos iranianos. ‘‘O que disse hoje (ontem) e as medidas concretas que anunciei refletem nosso desejo de fazer convergir nossos interesses para a melhora das relações com o Ir㒒, disse Albright, que, contudo, se mostrou realista quanto a estas intenções. ‘‘Não temos ilusões de que Estados Unidos e Irã podem superar de repente décadas de desconfiança’’, assinalou. A abertura americana é consequência da ampla vitória da linha reformista – liderada pelo presidente Khatami, que governa o país desde maio de 1997 – nas passadas eleições parlamentares de fevereiro. ‘‘Queremos trabalhar com o Irã para derrubar o que o presidente Khatami denominou ‘o muro da desconfiança’ entre os dois países’’, concluiu Madeleine Albright.