A guerrilha do Exército de Libertação Nacional (ELN) da Colômbia anunciou uma trégua de 24 horas para liberar um jornalista, um fotógrafo e outras seis pessoas que foram sequestradas ontem numa rodovia ao noroeste da Colômbia. A informação foi divulgada pela Comissão Facilitadora para a Paz de Antioquia. A organização explicou que a trégua foi decidida pela frente ‘‘Carlos Alirio Buitrago’’ do (ELN), que também pretende que o Governo envie uma comissão humanitária à Aquitania, um vilarejo localizado a leste de Medellín, sitiada pelos pára-militares. Durante a trégua, o reduto rebelde oferece a liberação do jornalista Jaime Arango e do fotógrafo Jesús Abad Colorado, do jornal ‘‘El Colombiano’’, com sede en Medellín.