Democracia passa por 'dificuldades e desafios', diz presidente do Paraguai


Agência Estado
Agência Estado

O presidente do Paraguai, Mário Abdo Benítez, falou na abertura da 55ª Cúpula do Mercosul nesta quinta-feira, 5, que vê a democracia passando por "dificuldades e desafios" na América do Sul e pediu compromisso dos líderes do bloco para fortalecer os valores democráticos na região.

Abdo fez um agradecimento "a presidentes que se manifestaram em momentos em que a democracia paraguaia necessitou".

"Atualmente (a democracia) apresenta dificuldades e desafios. Temos o grande compromisso de fortalecer nossas democracias e melhorá-las com mais democracia, não com anarquia", disse Abdo, ao lado dos presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, o argentino, Maurício Macri, e a vice-presidente do Uruguai, Lúcia Topolansky.



Abdo falou que os países precisam de instituições fortalecidas para que dependem cada vez menos de seus presidentes. "(Temos o desafio de) fortalecer instituições para que nossas democracias possam depender menos do presidente e mais das instituições com consciência institucional."

O presidente paraguaio assume nesta quinta-feira a presidência rotativa do bloco, que estava sob o comando de Jair Bolsonaro desde junho. "Assumiremos a presidência e daremos continuidade ao trabalho do Brasil. Temos grandes desafios."

Tudo sobre:


Continue lendo


Últimas notícias