Pelo menos 112 combatentes morreram nos últimos combates entre os guerrilheiros tâmeis e o exército ao norte de Sri Lanka, anunciou este sábado o ministério da defesa. Os Tigres para a Libertação do Eelam Tamil (TLET, separatistas) lançaram uma ofensiva para tentar se apoderar de uma base militar importante na península de Jaffna. No entanto, as forças de segurança recuperaram rapidamente o terreno perdido no setor de Nagarkovil, revelaram as autoridades. Segundo o ministério da defesa, pelo menos 80 guerrilheiros perderam a vida no contra-ataque das forças regulares e 15 quando tentavam atacar os militares pela retaguarda com barcos. O conflito entre o governo e os separatistas deixou mais de 60 mil mortos em quase 30 anos.