Veja 13 dicas para manter sua casa segura e intacta durante as viagens de férias

Abrir a porta dos armários e usar garrafa pet como regador são boas estratégias

Folhapress
Folhapress

Veja 13 dicas para manter sua casa segura e intacta durante as viagens de férias
iStock
 


São Paulo - Viajar com a certeza de que na volta encontrará a casa exatamente como foi deixada é essencial para aproveitar as férias. Para isso, especialistas recomendam 15 cuidados básicos de segurança, organização e limpeza.


No quesito segurança, a conhecida dica de deixar as luzes da casa acesas não funciona mais, avisa Manoel Fonseca, diretor de operações da empresa de segurança patrimonial Pro Security.




"Se à noite a luz pode enganar que há gente em casa, durante o dia é indicativo de que não tem ninguém na residência", diz Fonseca. Ele recomenda usar lâmpadas de fotocélulas -que acendem quando está escuro e apagam ao detectar a luz do dia.


Não avise os vizinhos, muito menos pessoas estranhas, sobre a viagem ou o tempo de permanência fora. Mesmo sem intenção, eles podem comentar com terceiros sobre a ausência e dar a dica de que a casa está vazia.


O melhor é combinar com um parente, amigo ou empregado de confiança para recolher a correspondência e transitar pelo imóvel em dias alternados, caso more em uma casa fora de condomínio.


Vale desligar ainda os eletrônicos, para que não ocorra nenhum contratempo relacionado a falta de energia ou curto-circuito. Além do mais, é uma maneira de economizar na conta de luz.


Se possui joias, dinheiro ou outros objetos de valor, evite mantê-los na residência, mesmo que tenha um cofre.


Teste todas as fechaduras, trincos e trancas. Se possível, instale reforços. Mas evite colocar cadeado no portão, pois ele pode denunciar a ausência dos donos da casa.


As chaves merecem cuidado especial. Nada de deixá-las "escondidas" em vasos de plantas ou debaixo de tapetes. O que pode parecer ótimo esconderijo para o morador, é truque conhecido para mal-intencionados.


Fonseca recomenda ainda desligar a campainha e o telefone de casa, para não chamar a atenção de estranhos. Muitos aparelhos permitem transferir as chamadas para o celular, caso haja algo pendente a resolver no período de férias.


Vale desligar ainda os eletrônicos, para que não ocorra nenhum contratempo relacionado a falta de energia ou curto-circuito. Além do mais, é uma maneira de economizar na conta de luz.


Para retornar de viagem em uma casa limpa, a recomendação é esvaziar não só o lixo e a geladeira, como também o freezer. Caso ocorra falta de energia, isso evita surpresas como um congelador lotado de comida estragada.


Para conservar as plantas, coloque-as juntas no mesmo ambiente para ajudar a manter a umidade e evitar o ressecamento pela ação do vento ou do sol. "Exceto se estiverem em uma varanda que recebe água da chuva", pontua Vanessa Guerreiro, sócia da Botânica e Tal, loja de plantas e projetos botânicos de São Paulo.


É possível construir um sistema simples de rega automática com garrafas pet. É só enchê-las de água, fazer um pequeno furo na tampa e enterrá-las no vaso, de ponta-cabeça. Assim, a água vai caindo aos poucos.


"No caso das samambaias ou outras plantas que necessitam de muita água, vale deixá-las imersas no tanque ou em uma banheira", diz Guerreiro.


Nos quartos, deixe as portas do guarda-roupa abertas. É uma maneira de evitar umidade e manter as roupas arejadas.


O mesmo vale para o colchão. Retire os lençóis para que a peça possa "respirar". Caso use capa protetora antiácaro, pode mantê-la. De preferência, desloque o colchão da cama, para que os dois lados do tecido recebam ventilação natural.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias