Betânia Rodrigues
De Londrina
Especial para a Folha
Que o banheiro é uma das áreas mais importantes da casa não se discute. Principalmente hoje em dia quando engloba funções que até bem pouco tempo eram restritas a outros ambientes e até fora do lar. Ouvir música, ler, fazer exercicíos e massagens são atividades que podem ser desenvolvidas dentro dele desde que haja espaço.
Assim como qualquer outro local o aumento da permanência no banheiro exige uma decoração agradável. Opções não faltam no mercado, muito menos na cabeça de arquitetos e decoradores que abusam da criatividade na composição do ambiente. Segundo a arquiteta Luzia Favoreto, a moda pede cores claras nas louças, piso e paredes. Os azulejos devem ser os maiores possíveis para diminuir a área de rejunte e o trabalho de limpeza.
‘‘A mulher moderna não quer e não pode perder tempo. Quanto mais prática for a administração da casa melhor. Nesse aspecto a segurança do banheiro torna-se imprescindível porque é de utilidade coletiva. A boa iluminação, a escolha adequada de metais, louças e a correta instalação elétrica são essenciais para a funcionalidade do banheiro’’. explica Luzia.
Para atender às exigências do mercado, a indústria tem investido pesado na criação de novos produtos. Na linha de metais, por exemplo, a preocupação atual é com a economia de água potável. O medo do racionamento já mobiliza fabricantes em todo mundo incentivados pela universalização dos consumidores. Nessa disputa estão em vantagem as torneiras e chuveiros automáticos ou fotoelétricos. ‘‘O custo na aquisição das peças compensa a economia de água que pode chegar a 60%’’, afirmou a arquiteta.
Mas não é só bolso que merece atenção. Os olhos também precisam de estímulo. Hoje, a beleza do banheiro não depende somente das toalhas e tapetes. O ambiente requisita acessórios como vasos de plantas, flores, pinturas e adereços coloridos que o tornam mais alegre. Nesse campo quem manda é a imaginação.
De acordo com Luzia, o design das louças e metais está mais reto. A preferência por cores varia de acordo com a região. Os espelhos podem ter todas as formas e tamanhos, desde que cumpram sua função. Podem ser iluminados ou auxiliados por uma miniatura pantográfica que amplia a área refletida. O uso de prateleiras ou armários fica a critério do gosto e necessidade de cada um. ‘‘O importante é a satisfação do usuário e harmonia do conjunto’’.
No ano passado, a arquiteta criou um banheiro dedicado especialmente a meninas portadoras de deficiência física, apresentado durante a IV Mostra de Decorações e Interiores de Londrina, no ano passado. A réplica do ambiente está exposta na loja de móveis Brentwood. Conforme a autora, a idéia principal do projeto é chamar a atenção para a arquitetura segura, sem prejuízo para os lados visual e prático.Desde que haja espaço, ouvir música, ler, fazer exercícios e massagens são algumas das atividades que podem ser desenvolvidas dentro desse ambiente
Mario Cesar/Agradecimentos: BrentwoodA PROPOSTANo projeto de Luzia Favoreto, a idéia principal é chamar a atenção para a arquitetura segura, sem prejuízo para os lados visual e prático