Santa Clara, EUA, 08 (AE-DOW JONES) - O portal para a Internet Yahoo! Inc. sofreu ontem uma interrupção de três horas depois de uma série de ataques dirigidos a seus computadores. O incidente impediu que milhares de pessoas tivessem acesso às notícias e outros serviços do site. Representantes do Yahoo!, empresa com sede em Santa Clara (Califórnia), disseram que o ataque planejado veio de mais de 50 diferentes endereços da Internet e criou uma forte demanda em um curto período de tempo, o que tornou impossível prover todas as páginas requisitadas. A demanda foi a um nível de um gigabyte por segundo.
A companhia não considerou o ataque uma intervenção de hackers, já que não houve invasão a seus sistemas. Segundo a direção do Yahoo!, os dados internos e as informações de seus clientes pessoais não foram comprometidos. O Yahoo! considerou o ataque como intermitente e descontínuo, mas os usuários do serviço que tentaram se conectar durante a manhã e a tarde de ontem informaram que tiveram problemas.
Um representante do Yahoo! disse que o ataque começou às 10h45 (de Brasília) e afetou os sites da companhia, com exceção dos serviços de e-mail gratuito, acesso às lojas de comércio eletrônico e ao Geocities. Em uma outra ocasião, o Yahoo! já tinha sofrido problemas técnicos que cortaram o acesso de partes de sua rede, mas os acontecimentos foram isolados e não duraram muito tempo.
Como o Yahoo! utiliza uma avançada tecnologia para encriptar seus dados e proteger seus arquivos, a única rota para invasores atacarem os computadores é por fora, segundo Gene Shklar, vice-presidente de serviços públicos da Keynote Sustems, uma empresa que avalia a segurança e velocidade dos sites. "Se você não pode levar uma bomba para dentro do prédio, você pode criar congestionamentos nas ruas que levam ao prédio", comparou.