Rio, 07 (AE) - A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) lança nesta semana ações na Latinbex, a bolsa para empresas latino-americanas sediada em Madri, na Espanha. O objetivo da medida é facilitar o acesso de investidores europeus aos papéis da mineradora. O lançamento estava previsto para quarta-feira, mas não há data definida.
A assessoria de comunicação da empresa informou que 50% do volume de negócios em Madri é realizado por investidores estrangeiros. A CVRD é a segunda companhia brasileira a entrar na bolsa madrilenha, depois da Aracruz Celulose - que também foi a primeira empresa brasileira a ter ações negociadas na Bolsa de Nova York.
O diretor-presidente da CVRD, Jório Dauster, o diretor de Relações com o Mercado e do Centro Corporativo, Gabriel Stoliar, e o gerente-geral de relações com investidores, Roberto Castelo Branco, viajaram hoje para a Espanha, para acertar os detalhes do lançamento, segundo a assessoria de imprensa da empresa. A CVRD não informou o número de ações que serão colocadas em negociação inicialmente. Os papéis serão cotados em euro.
O presidente da Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca), Alfried K. Pl”ger, já havia avisado, há duas semanas, que há uma tendência de companhias brasileiras procurarem negociar ações no mercado espanhol, principalmente depois que os balanços em reais passaram a ser aceitos na Bolsa de Madrid. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) informou que a Vale já possui autorização para lançar seus papéis na capital espanhola.