Pouso Alegre, MG, 06 (AE) - Turistas estão presos na Estância Hidromineral de São Lourenço, sul de Minas Gerais desde o réveillon. De acordo com assessoria de comunicação da cidade, uma das mais castigadas pelas chuvas na região, cerca de 700 visitantes tiveram de ser transferidos dos hotéis da parte baixa
alagada, para a parte alta do município.
Hotéis luxuosos em torno do Parque das águas foram inundados. O rio Verde subiu 18 metros e hoje permanecia nove metros acima do leito. O principal cartão-postal da cidade, a Fonte Vichy ainda estava debaixo dágua. Em plena alta temporada
São Lourenço, que vive do turismo, teve 95% do setor comercial - hotelaria, rede bancária e de serviços- comprometidos. A estimativa da Prefeitura é de que sejam necessárias R$ 37 milhões para a recuperação.
Das 18 farmácias da cidade apenas duas estavam em funcionamento hoje. As outras continuavam alagadas. Os suprimentos da Secretaria da Saúde não haviam chegado até o fim da tarde e faltava medicamento até nos hospitais.