Três jovens são executados a tiros em Guarulhos, SP2/Mar, 20:29 Por Mauro Carvalho da Silva São Paulo, 02 (AE) - Três jovens foram executados ontem (O1) em Guarulhos, na 23.ª chacina do ano na Grande São Paulo - crimes que já deixaram 70 mortos. A polícia acredita que o caso esteja ligado a uma disputa entre traficantes de drogas. Os três foram assassinados com tiros na cabeça e no peito. Uma das vítimas, Douglas Rodrigues de Sousa, de 18 anos, tinha passagens pela Fundação Estadual para o Bem-Estar do Menor (Febem). Sousa, Sidney Rodrigues da Silva, de 17 anos, e Valdinei Carlos dos Santos, de 22 anos, conversavam na calçada da Avenida Jaboticabal, rua de terra no centro do bairro Cidade Soberana, por volta de 22 horas, quando os assassinos chegaram. Segundo testemunhas, eram quatro rapazes, que, sem dizer nada, atiraram. Os disparos atingiram a cabeça e o peito de Sousa e Silva. Santos correu e escondeu-se num buraco aberto pela chuva no terreno de uma casa. Os assassinos seguiram o jovem e dispararam três tiros em seu peito e um na cabeça. Chamados por moradores, policiais militares levaram as vítimas ao Pronto-Socorro São João, onde elas já chegaram mortas. O caso foi registrado no 4.º Distrito Policial. Investigadores acreditam que testemunhas possam identificar os criminosos, mas estão com medo de falar. O movimento no local do crime, perto do qual há uma padaria, uma farmácia, bares e lojas era grande, mas todas as pessoas ouvidas alegaram não ter visto nada. Quarto bairro mais violento de Guarulhos, Cidade Soberana tem tráfico de drogas intenso, de acordo com a polícia.