Traficantes fixam comunicado em bairro do Rio sobre como morador deve agir na quarentena


RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A diretoria do grupo de tráfico Família 5 Bocas, que atua em uma comunidade do bairro Brás de Pina, região histórica da zona norte do Rio de Janeiro, distribuiu um plano próprio de quarentena aos moradores nesta terça-feira (24).

Segundo o panfleto, entregue em cada uma das casas, estão proibidos todos os tipos de encontros, incluindo para as resenhas -para quem não está familiarizado com o termo, trata-se de uma festinha particular, uma reunião entre amigos. Essa medida vai ao encontro das do Ministério da Saúde.



Farmácias, padarias e mercadinhos só podem funcionar até as 20h, quando começa o toque de recolher -essa não está de acordo com o governo, pois o decreto do governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), delimitada horário para o funcionamento desses comércios.

Já os bares devem permanecer fechados até segunda ordem.

"Subi a rua a pé porque nem moto tinha para eu subir", disse um morador. "Nem assalto está tendo."



O texto completo é o seguinte: "Comunicado importante - Atenção - Está proibido todo tipo de festa, resenhas e aglomeração nas ruas. Vamos respeitar a vida do próximo e de sua família! Padarias, mercadinhos e farmácias somente abertos até as 20:00. Tbm está proibido bar aberto! Não queremos ninguém na rua nem de dia nem a noite a partir das 20:00 horas de hoje. Só ir na rua para comprar algo para sua casa. Espertamos a colaboração de todos!!! Ass: Diretoria da Família 5 Bocas."

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Continue lendo


Últimas notícias