Nova York, 03 (AE-DOW JONES) - Os títulos do Tesouro dos Estados Unidos registraram nesta segunda-feira (03) a maior queda dos últimos cinco meses.
Os juros dos papéis de 30 anos chegaram hoje à tarde a 6,60% ao ano, superando a barreira psicológica dos 6,5%, impulsionados por temores de que o Federal Reserve (o Banco Central dos Estados Unidos) vai elevar os juros para conter o aquecimento da economia.
Os juros dos títulos de dois anos, normalmente mais influenciados por expectativas em relação ao Federal Reserve, subiram 11 pontos-base, para 6,43%, o maior nível desde maio de 1997.
A queda começou porque o mercado interpretou a passagem tranquila pelo bug do ano 2000 como o que o Fed esperava para decidir elevar os juros.
Mais tarde, foi impulsionada pela divulgação do índice de atividade industrial da Associação Nacional dos Gerentes de Compras dos Estados Unidos (NAPM), que ficou em 55,5 em dezembro
indicando que a produção cresceu pelo 11º mês consecutivo.