WILKINSBURG, Pensilvânia, 01 (AE-AP) - Um homem incendiou seu apartamento nesta quarta-feira (01), atirou contra clientes de duas lanchonetes na hora do almoço e se escondeu em um prédio de escritórios antes de se render. Uma pessoa morreu e pelo menos quatro ficaram gravemente feridas.
O suspeito rendeu-se em um corredor, disse Thomas Sturgeon, superintendente da polícia de Allegheny County. Ele confirmou a morte de uma pessoa antes de o suspeito entrar no edifício, que abriga creches e centros de idosos.
Quatro ou cinco reféns feitos no prédio foram liberados sem ferimentos quando o homem se rendeu, disse Jim Algeo, soldado da polícia estadual.
O tiroteio começou por volta das 11h locais em Wilkinsburg, a cerca de 15 quilômetros de Pittsburgh. Uma pessoas foi baleada em uma loja do Burger King e pelo menos duas dentro de um restaurante do McDonald's localizado nas proximidades, informou o chefe de polícia Gerald Brewer.
A polícia não divulgou mais informações sobre as vítimas, mas uma mulher no local do crime disse que seu padrasto, Richard Clinger, foi baleado quando entrava em sua van estacionada no pátio do McDonald's.
"Eu e meu padrasto estávamos sentando no carro quando aquele cara chegou atirando", disse Candy Zambo, que escapou ilesa. "Pensei que ele fosse perguntar a direção, ou algo do gênero. Ele virou e voltou para o McDonald's."
Tony Elhaja, gerente de uma loja da Dunkin' Donuts próxima ao McDonald's, disse que a filha do homem baleado no estacionamento entrou em seu estabelecimento para aguardar a polícia. "Ela entrou correndo e chorando", disse Elhaja.
Brewer disse que o homem armado fugiu em direção ao prédio e lá ficou com reféns até se render por volta das 14h locais. Enquanto a polícia cercava o edifício, oficiais afastavam um grupo de crianças.
Taryn harris disse que suas filhas de dois e cinco anos continuaram dentro da creche antes de o suspeito se render. "Disseram que estava tudo bem com elas. Elas só não podiam sair", disse Harris.
Quatro pessoas se encontravam em condições críticas de saúde no Centro Médico Presbiteriano da Universidade de Pittsburgh, disse o porta-voz Frank Raczkiwicz. Um homem de 65 anos estava em condições graves no Hospital Mercy depois de ser baleado na cabeça", informou a porta-voz Linda K. Ross.
Não estava claro se uma sexta pessoa foi baleada ou se uma das cinco pessoas morreu.