São Paulo, 02 (AE) - A Terra Networks, que anunciou ontem acordo com o "Grupo Estado", vai investir acima de US$ 600 milhões nos próximos três anos na América Latina. Em entrevista à AGÊNCIA ESTADO, a direção da Terra em Madri informou que o mercado latino-americano transformou-se em um dos principais objetivos da quarta maior provedora de Internet do mundo em termos de valor de mercado em Bolsa.
"Estamos falando de mais de 550 milhões de pessoas com as quais compartilhamos valores culturais, gostos, necessidades e interesses comuns e que estão sub-representadas na rede", respondeu a direção da Terra. De acordo com os principais executivos da provedora espanhola, apenas 4% (3% espanhol e 1% português) dos conteúdos disponíveis na Internet estão em espanhol ou em português. "Hoje, por exemplo, temos mais conteúdo em holandês do que em espanhol, o que carece de toda e qualquer lógica", argumenta a direção da Terra Networks.
Além disso, acresenta a direção da provedora, "estamos diante de um enorme potencial de crescimento, já que o número de usuários de Internet na América Latina e na Espanha vai aumentar nos próximos anos com índices superiores à média mundial. De acordo com a International Data Corporation (IDC), líder mundial em pesquisa sobre tecnologia de informação, o mercado de serviços de Internet na região deve crescer a uma ataxa anual de 42% até 2004. Outras estimativas indicam que os investimentos na Internet devem multiplicar-se por seis nos próximos cinco anos e
em menos de três anos, o setor representará 7% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial.
A aposta no mercado latino-americano, no entanto, não é apenas exclusividade da Terra Networks. O Grupo Pearson, gigante britânico da área de comunicações, anunciou recentemente que vai investir 250 milhões de libras (cerca de US$ 400 milhões), provenientes da venda de ações, na expansão de seus interesses na Internet, principalmente nos mercados de língua espanhola e portuguesa. O grupo britânico pretende desenvolver um site na Internet (ft.com) que sirva de fonte de informação em tempo real e entrar nos mercados hispânico e português.
"Nosso objetivo e transformar-nos no número um na América Latina, tanto como provedor de acesso à Internet como portal", afirma a direção da Terra Networks. Hoje a Terra conta com 1,14 milhão de clientes ISP em sete países, distribui cerca de 370 milhões de páginas ao mês e seus portais recebem cerca de 33 milhões de vistas por mês. Estima-se que o número de internautas no mundo hoje seja de 200 milhões de pessoas e, em 2001, deverá chegar a 1 bilhão. PROVEDOR VALOR (em US$ bi)* AOL 131,62 Yahoo 82,53 CMGI 25,04 Terra 24,64 Amazon 21,02 * Valor em Bolsa com as cotações do dia 30/1/2000