Telia analisa saída da Tess e pode vender 49% de sua participação2/Mar, 15:39 Por João Caminoto Londres, 02 (AE) - A Telia, operadora de telefonia da Suécia, está analisando a venda de suas participação na Tess, responsável pela banda B de telefonia celular no Interior paulista. Os 49% da Telia na Tess representam a maior participação acionária da empresa sueca no Exterior. Essas ações estão avaliadas em US$ 1,14 bilhão. A informação, publicada hoje no "Financial Times", pegou de surpresa a direção da Tess no Brasil, que preferiu não comentar o assunto. Representantes da operadora disseram apenas que a Telia está realizando uma ampla reestruturação na Suécia e em outras partes do mundo e que ainda não havia uma definição final sobre a sua participação na Tess. "A Telia, que investiu até agora cerca de US$ 1 bilhão no Brasil, poderá vender sua participação integral como permanecer com parte dela, por ser um dos maiores investimentos já feitos pela companhia sueca fora da Europa", disse uma fonte em São Paulo. A Telia, estatal que deve ser privatizada até o final do ano, anunciou ainda a venda de sua participação em operadoras de vários outros países. A decisão de vender sua participação na Tess faz parte da tentativa da empresa sueca de reajustar as suas atividades após o colapso, em dezembro, de sua fusão com a Telenor, da Noruega. "No passado, aproveitamos as oportunidades e possibilidades que apareceram", disse o diretor executivo da empresa, Jan-Ake Kark. "A partir de agora vamos concentrar nossos esforços geograficamente." As novas áreas prioritárias para a Telia serão, além da Suécia, os países bálticos (Polônia e Rússia) e os grandes mercados como os EUA, Alemanha, França e Itália. A empresa sueca vai também vender suas participaçoes em operadoras da Namíbia, Uganda, Sri Lanka, Índia, Filipinas, China e Eslovênia.