A 6ª Regional de Saúde de União da Vitória informou, ontem, que as quatro pessoas suspeitas de estarem contaminadas com o hantavírus, no município de General Carneiro (36 km a sudoeste de União da Vitória), receberam alta do Hospital Regional de União da Vitória, onde estavam internadas. A Secretaria de Saúde ainda aguarda os resultados dos exames de sangue dos trabalhadores, enviados ao Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, que poderão confirmar, ou não, a contaminação pelo hantavírus.
Segundo a chefe de Epidemiologia da 6ª Regional, Dione Schiner Correia, como os casos foram diagnosticados precocemente, os pacientes foram medicados sem problemas. Outros quatro casos de hantavírus foram confirmados este ano em General Carneiro, um dos doentes morreu.
Além das equipes da Saúde, na próxima semana técnicos do Ministério da Saúde, pesquisadores do Instituto Adolfo Lutz e um especialista do Centro de Controle de Doenças de Atlanta (EUA) estarão no município para estudar os casos e qualificar os profissionais sobre a prevenção e tratamento da doença.