Agência Estado
De Brasília
Desde quarta-feira, cerca de 60 mil pessoas procuraram os postos de saúde do Distrito Federal para tomar a vacina contra febre amarela. Das 8 horas às 11 horas de ontem, aproximadamente 11 mil doses foram aplicadas. A corrida aos postos foi motivada pela informação de que uma pessoa morreu e outras quatro estão internadas em Brasília, todas com suspeita de febre amarela.
No posto em plantão na Asa Norte, bairro de classe média de Brasília, cerca de 500 doses foram aplicadas até as 11 horas de ontem. Apesar de os postos de saúde do Distrito Federal não abrirem normalmente aos sábados, ontem houve expediente em alguns deles por causa da enorme procura pela vacina.
O Hospital Santa Luzia informou no final da manhã que a estudante Andreya da Costa Neres, de 20 anos, teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo transferida para um quarto. O irmão de Andreya, Allesson, morreu na madrugada de terça-feira com suspeita de febre amarela.