O Superior Tribunal de Justiça (STJ) anunciou investimentos para ampliar a qualidade dos serviços aos usuários daquela corte. Na última semana, o diretor-geral do STJ, Rubem Suffert, apresentou o Programa de desenvolvimento gerencial continuado do STJ, apostando numa administração mais profissional da Justiça, com o aprimoramento de gerentes e espaço para apresentação de idéias inovadoras por parte de todos os servidores. ‘‘A relação custo-benefício para o Tribunal será excepcional com a adoção do programa que prevê sete projetos de concepção avançada e propostas inovadoras no setor de recursos humanos’’, comemorou.
A implantação do programa busca treinar dirigentes para que possam atuar de forma eficiente nas áreas técnica, psicossocial, política e administrativa. A parte técnica pretende o aperfeiçoamento do processo de trabalho. A psicossocial vai tratar da administração de conflitos, motivação, comunicação, clima e desenvolvimento de equipe.