SP tem a vigésima segunda chacina do ano7/Mar, 21:07 Por Oswaldo Faustino São Paulo, 07 (AE) - A 22 .ª chacina do ano, na Grande São Paulo, ocorreu às 23h25 de ontem (06), em Itaquaquecetuba. Mãe, filho e neta foram executados com vários tiros numa casa da Rua 41, na Vila Piratininga. As três vítimas já foram encontradas mortas na casa. Suzerlei Ferreira de Oliveira, de 51 anos, e sua neta Joice Cristina Ferreira de Oliveira, de 18, estavam na cozinha. Ricardo José Ferreira de Oliveira, de 28, encontrava-se em um colchão na sala. Segundo a polícia, Oliveira era fugitivo, desde janeiro, do Presídio de Franco da Rocha. Até o momento, porém, nada foi esclarecido sobre a chacina. As investigações ficarão a cargo da equipe especializada do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa. No total, esse tipo de crime já soma 77 mortos só este ano. Assalto - Um ladrão, ainda não identificado, foi morto após assaltar a desenhista Magda Cristina David, de 30 anos, no Parque São Lucas. O assaltante levou o carro de Magda, um Fiesta. À 0h30, o veículo foi avistado por PMs na Vila Matilde. Houve perseguição. Na Avenida 19 de Janeiro, a Blazer da PM bateu no Fiesta que, desgovernado, chocou-se contra um poste. Houve tiroteio. O ladrão foi baleado e morreu.