|
  • Bitcoin 151.337
  • Dólar 5,0617
  • Euro 5,2630
Londrina

Geral

m de leitura Atualizado em 04/05/2022, 12:46

Seed vai investigar vazamento da Prova Paraná

Questões foram distribuídas por meio de um arquivo do Google Drive; provas começaram nesta quarta-feira (4) e não serão canceladas

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 04 de maio de 2022

Adriana de Cunto - Diretora de Redação
AUTOR autor do artigo

Foto: José Fernando Ogura - AEN
menu flutuante

A Seed (Secretaria de Estado da Educação e do Esporte) vai realizar uma apuração interna para investigar o vazamento na internet da Prova Paraná, que está sendo aplicada nesta quarta-feira (4) e quinta-feira (5) a todos os estudantes da rede estadual de ensino.

As perguntas já teriam sido vazadas em um arquivo do Google Drive na tarde de terça-feira (3) e na manhã desta quarta-feira, enquanto muitos estudantes faziam a prova, o vazamento ganhou espaços nas redes sociais. Essa edição da Prova Paraná foi a primeira em formato totalmente presencial desde 2020. O Google Drive é um serviço de armazenamento e sincronização de arquivos em nuvem. 

O exame, que abrange todas as disciplinas, tem o objetivo de fornecer um diagnóstico sobre o nível de aprendizado dos estudantes de cada série em relação aos conteúdos abordados em sala de aula neste primeiro trimestre. Estão previstas mais duas provas em 2022 para avaliar os dois outros trimestres letivos.

A assessoria de imprensa da Seed disse que as provas que estão sendo aplicadas nesta quarta e quinta-feira não serão anuladas, pois têm "caráter exclusivamente diagnóstica, não de desempenho (não vale nota para nenhuma disciplina)". 

Ainda segundo a assessoria de imprensa da Seed, o exame é feito pelos estudantes sem acesso a dispositivos eletrônicos, nem consulta a materiais impressos. 

****

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1