Brasília, 23 (AE)- O ministro da Previdência, Waldeck Ornélas, iniciou há pouco seu depoimento na comissão especial da Câmara que discute o salário mínimo, garantindo aos deputados que não houve ainda uma decisão do governo sobre o valor do novo mínimo. "Se houvesse uma decisão eu não estaria aqui e nem a comissão estaria reunida para me ouvir", disse Ornélas, em resposta aos protestos dos parlamentares que integram a comissão
irritados com as informações de que o governo deverá editar hoje uma medida provisória com o novo valor do mínimo.