Assine e navegue sem anúncios [+]
MAIS DE 5 MIL CASOS EM 24 HORAS -

Saúde divulga 5.123 novos casos e 211 óbitos pela Covid-19


Reportagem local
Reportagem local

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quarta-feira (9) mais 5.123 casos confirmados e 211 mortes pela Covid-19 no Paraná. Os números são referentes aos meses ou semanas anteriores e não representam a notificação das últimas 24 horas. Os dados acumulados do monitoramento da doença mostram que o Estado soma 1.126.308 casos confirmados e 27.386 óbitos. Há 20 casos de óbitos registrados como residentes no Paraná que foram excluídos por erro de notificação e dois tiveram o município alterado nos registros.


 

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quarta-feira (09) mais 5.123 casos confirmados e 211 mortes pela Covid-19 no Paraná.
A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quarta-feira (09) mais 5.123 casos confirmados e 211 mortes pela Covid-19 no Paraná. | Jaelson Lucas/AEN
 


INTERNADOS

O informe relata que 2.923 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 2.225 pacientes em leitos SUS (982 em UTI e 1.243 em enfermaria) e 698 em leitos da rede particular (378 em UTI e 320 em enfermaria).


Há outros 3.178 pacientes internados, 1.139 em leitos UTI e 2.039 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão na rede pública e rede particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.


Na macrorregião Norte, dos 310 leitos de UTI Adulto destinados àqueles pacientes suspeitos ou confirmados com Covid-19, 296 estão ocupados (95%). Dos 498 leitos de Enfermaria Adulto para esse público há 445 tomados (89%). Para o público pediátrico, de cinco leitos de UTI existentes, um está tomado (20%); e dos cinco leitos de enfermaria há três com crianças (60%). 


Sobre os leitos SUS não exclusivos para pacientes Covid-19, na macrorregião Norte, dos 205 leitos há 114 ocupados (56%).  Dos 1968 leitos clínicos adulto há 687 ocupados (35%). Para o público pediátrico, dos 470 leitos clínicos, 60 estão tomados (13%). 


A média móvel dos últimos sete dias foi de 2.998 casos registrados, um decréscimo de 36,2% em relação a 14 dias atrás. A média de idade dos casos confirmados é de 39,48 anos.  Analisando por semana epidemiológica, houve um decréscimo de 11,87% na SE 22 em relação à semana anterior. 

 

Saúde divulga 5.123 novos casos e 211 óbitos pela Covid-19
 


O coeficiente de internados na 17ª Regional de Saúde de Londrina é de 9.800, um pouco acima da média estadual, que é de 9.780. O pior desempenho é da RS de Foz do iguaçu, com 13.832. 

ÓBITOS

A Secretaria da Saúde informa a morte de mais 211 pacientes. São 91 mulheres e 120 homens, com idades que variam de 26 a 95 anos. Os óbitos ocorreram de 03 de abril  a 09 de junho de 2021.

A média móvel de óbitos da última semana foi de 71, uma queda de 27,9% em relação a 14 dias atrás.  A média de idade dos óbitos é de 65,98 anos.  OS óbitos por semana epidemiológica tiveram uma redução de 12,02% na SE 22 em relação à semana anterior. 


O coeficiente de mortalidade da 17ª Regional de Saúde de Londrina é de 245,5, acima dos números estaduais, que estão em 237,8. O pior coeficiente é o de Foz do iguaçu, com 295,9. 


FORA DO PARANÁ

O monitoramento registra 6.017 casos de residentes de fora, sendo que 154 pessoas foram a óbito. 


VACINAS

Até agora o Paraná recebeu 5.837.960 doses da vacina, das quais 4.148.495 foram aplicadas. Foram 2.891.561 destinadas para a primeira dose e 1.256.934 aplicadas como segunda dose.  O Paraná vai usar as vacinas da Janssen, fabricada pelo braço farmacêutico da Johnson & Johnson, para avançar na imunização contra a Covid-19 do quadro prioritário, com destinação das doses para um novo segmento: os trabalhadores da carga pesada.


Serão contemplados profissionais do transporte coletivo rodoviário de passageiros; do transporte ferroviário; do transporte aquaviários; e caminhoneiros. De acordo com o Plano Estadual de Vacinação, esse grupo é formado por 178.639 pessoas. 


A estimativa do Ministério da Saúde é que as doses cheguem ao Estado até esta sexta-feira (11). Ainda não há um quantitativo definido, mas a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) trabalha com a perspectiva de 150 mil doses, seguindo o cronograma estabelecido pelo governo federal ao longo do ano. 


Os imunizantes integram o primeiro lote com 3 milhões de doses disponibilizado ao País pela farmacêutica norte-americana e têm prazo de validade até 27 de junho, por isso a necessidade de distribuição e aplicação rápidas. A entrega da remessa foi antecipada pelo fabricante para atender um pedido emergencial do Ministério da Saúde. 


A vacina fabricada pela Johnson & Johnson tem eficácia de 85% na prevenção de casos graves e oferece proteção completa contra hospitalização e morte por Covid-19, segundo estudo divulgado em janeiro. A temperatura de armazenamento e o transporte dos imunizantes não oferecem desafios à logística, já que podem ser preservados em geladeiras comuns, entre 2ºC e 8ºC, por até três meses. 


Receba nossas notícias direto no seu celular. Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo