/RUSSIA/CHECHENIA5/Mar, 18:29 Centenas de rebeldes e 31 russos mortos em combates na Chechênia Moscou, 5 (AE-ANSA) - Trinta e um militares russos morreram hoje nos duros combates que as tropas federais russas e os guerrilheiros chechenos travaram em torno da garganta de Argun, ao sul da república caucasiana rebelde, informou à televisão independente NTV o general russo Guennadi Troshev. Troshev, comandante das tropas que operam na frente meridional, acrescentou que o número de guerrilheiros chechenos mortos em Argun ultrapassa 600. Na aldeia de Sementauze os russos prenderam 70 guerrilheiros, segundo informou o correspondente da NTV. Ontem à noite, cerca de 60 guerrilehiros tentaram atravessar as linhas russas nos arredores da aldeia de Komsomolskoe, a cerca de 30 quilômetros de Grozni, mas foram rechaçados pelos federais, informou a agência Interfax. Diminuiu o balanço da matança de policiais russos que há três dias caíram em uma emboscada dos rebeldes da periferia de Grozni. Os mortos são 16 e não 20 como se disse antes, enquanto que os feridos são 24 e não 35, informou hoje o comando das tropas federais. O ministro russo do Interior, Vladimir Rushailo, anunciou que serão punidos os oficiais russos que ordenaram o traslado da coluna de caminhões que caiu na emboscada da guerrilha sem o reconhecimento adequado.