Berlim, 23 (AE-AP) - Recuperar o prestígio internacional
que o levou a ser eleito o melhor jogador do mundo por duas temporadas seguidas, 1996/97, não é o objetivo principal do atacante Ronaldo. No momento, o jogador da Inter de Milão quer voltar rapidamente aos gramados sem sentir dores no joelho direito, operado em novembro na França. Ao jornal alemão "Die Welt", Ronaldo enfatizou o desejo de apenas trabalhar para jogar o quanto antes.
Depois de quatro meses se recuperando de uma cirurgia no joelho direito, ele voltou a treinar na Inter de Milão segunda-feira. Agora, não quer precipitar seu retorno aos jogos. Ele mostrou-se satisfeito por ter retornado aos treinamentos com a máxima tranquilidade. "Se um grande jogador não pode mostrar o que sabe, é melhor a gente não falar dele, disse, demonstrando a humildade característica. Na entrevista, Ronaldo afirmou que quer voltar a ser o melhor do mundo. "Por enquanto, me contento em fazer parte de um grupo", salientou.
Mesmo sentindo fortes dores no joelho nos últimos anos, Ronaldo elogiou os médicos que cuidaram de suas contusões. "Fizeram de tudo que esteve ao alcance para curá-las, mas como não houve jeito, a cirurgia foi o único remédio".