Buenos Aires, 02 (AE-DOW JONES) - A arrecadação de imposto na Argentina caiu 1,9% para 4,60 bilhões de pesos (mesmo valor em dólares), de 4,69 bilhões no mesmo mês do ano passado, informou na tarde de ontem o Ministério da Economia em Buenos Aires. A receita com impostos cresceu 8,7% em relação a dezembro passado, quando foram arrecadados 4,23 bilhões de pesos.
Os dados incluem impostos do seguro social que são repassados pelos dois sistemas de pensão do país, assim como as transferências para os governos locais e de províncias. Excluindo os impostos de seguro social e transferências, a arrecadação de impostos em janeiro caiu 1,7% para 4,11 bilhões de pesos, de 4,18 bilhões de pesos em janeiro de 1998, mas cresceu 5,8% sobre os 3,89 bilhões de pesos em dezembro.
Em janeiro, o governo arrecadou, entre outras receitas, 1,65 bilhão de pesos em Imposto sobre Valor Agregado (alíquota de 21%), uma queda de 0,6% em relação ao 1,66 bilhão de pesos de um ano atrás, mas um aumento de 12% sobre os 1,48 bilhão de pesos de dezembro. A receita do imposto de renda totalizou 739,6 milhões de pesos, um aumento de 2,6% sobre os 721,1 milhões de pesos arrecadados em janeiro de 1999 e de 0,6% sobre os 735,1 milhões de pesos de dezembro.