Lisboa, 20 (AE-AP) - O grupo rebelde angolano UNITA informou nesta quinta-feira (20) estar pronto para libertar a tripulação de um avião russo desaparecido desde que o Antonov-12 no qual estavam foi derrubado no ano passado nesta nação do sudoeste africano, na província de Lunda Norte.
"A UNITA está preparada para libertar imediatamente os pilotos russos capturados em Lunda a qualquer país que queira atuar como intermediário", dizia um comunicado da UNITA.
O documento foi enviado por fax à sucursal da Associated Press em Lisboa, Portugal.