PT encaminhará representação contra Gros2/Mar, 16:18 Brasília, 2 (AE) - A representação dos deputados Aloizio Mercadante e Walter Pinheiro, ambos do PT, contra o novo presidente do BNDES, Francisco Gros, será encaminhada ainda hoje pelo Ministério Público do DF para a Procuradoria do Rio de Janeiro. Na representação, os dois parlamentares questionam a "reputação ilibada" de Francisco Gros para assumir a presidência do BNDES, conforme exigência prevista no estuto da instituição. Segundo denúncias de um jornal paulista, Gros foi sócio do BFC Banco S/A, liquidado extrajudicialmente em 1995, com uma dívida junto ao BNDES de R$ 32 milhões. O objetivo dos parlamentares é identificar se Gros foi mau pagador, inadimplente contumaz, ou se teve participação na falência da instituição. Tápias - O ministro do Desenvolvimento, Alcides Tápias, disse há pouco que não tem dúvidas de que o Ministério Público deverá arquivar as investigações contra o novo presidente do BNDES, Francisco Gros. "Esse é um processo que a Justiça já examinou e arquivou", disse o ministro, acrescentando que não tem dúvidas de que após as novas investigações, o Ministério Público deverá novamente decidir pelo arquivamento do caso.