Rio, 29 (AE) - O PT define as datas das prévias que realizará para escolher seu candidato a prefeito neste fim de semana, no seminário sobre sucessão municipal que a legenda realiza em Araruama, na região dos Lagos. A realização das prévias para a escolha beneficia a candidatura da vice-governadora Benedita da Silva, afirmou hoje o líder do partido na Câmara dos Vereadores do Rio, Adilson Pires.
"Em uma prévia, não vota só o militante, mas o simpatizante
que não acompanha o dia-a-dia do partido", argumentou Pires, que participa do seminário. "Nesta circunstância, o nome da Bené, como é mais conhecido, é mais favorecido", deduziu o vereador. Outro pré-candidato petista à prefeitura é o do deputado estadual Chico Alencar, que disputou o cargo pelo PT na última eleição, em 1996.
O líder petista na Câmara afirmou que não há chance de o PT aliar-se ao PDT nas eleições municipais, por causa da insistência da legenda de Leonel Brizola em lançar candidato próprio. "Não há como consolidar a aliança", afirmou o vereador.
A data da prévia da legenda será no dia 25 ou 26 de março. Pires lembrou que tanto Benedita quanto os dirigentes nacionais petistas Luiz Inácio Lula da Silva e José Dirceu garantiram que o resultado será respeitado e não haverá intervenção para mudar a decisão - como houve em 1998, quando a candidatura de Vladimir Palmeira ao governo estadual foi derrubada para que o PT se aliasse ao candidato do PDT, o atual governador Anthony Garotinho.