Belo Horizonte, 02 (AE) - A situação em Itajubá, no sudoeste de Minas Gerais , piorou. O prefeito do município, José Francisco Marques Ribeiro, informou há pouco que decretou estado de emergência e calamidade. As águas do rio Sapucaí estão subindo em média 20 centímetros por hora. Não há mais trânsito de veículos nas ruas da cidade.
A ex-escrava Maria do Carmo Jerônimo, de 128 anos, teve de ser removida da sua casa, em Itajubá, porque a água já ameaçava entrar pela sala. Maria do Carmo, que está há meses imobilizada na cama, foi levada para o Hospital de Clínicas, a pedido da família.