Campos do Jordão, SP, 09 (AE) - O prefeito de Campos do Jordão, no Vale do Paraíba (SP), Oswaldo Gomes Filho (PSDB), deve reunir-se amanhã (10) com o governador Mário Covas (PSDB) para discutir a reconstrução da cidade, atingida pelas chuvas nos primeiros dias do ano. Gomes Filho disse que ainda não sabe quanto vai gastar para reerguer o município. "Vamos precisar de verba do governo federal e do governo estadual", afirmou. "O município não tem dinheiro."
Segundo o prefeito, a cidade precisa de 450 "vagas" em construções da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). De acordo com dados da prefeitura, 452 casas foram destruídas pelas chuvas. "A solução para esse problema, que é um problema em todo o Brasil, é dar habitação decente para as pessoas."
De acordo com Gomes Filho, ninguém mais volta para as áreas de risco da cidade. água e luz dessas regiões continuam cortadas para evitar invasões clandestinas.
Hoje, de acordo com balanço divulgado pela Defesa Civil Estadual e pela prefeitura, 103 moradores permaneciam internadas em hospitais da região. Os desalojados e desabrigados, de acordo com o prefeito, ainda somam quase 3 mil. A tragédia que assolou Campos do Jordão deixou dez mortos - nove por soterramento e um por afogamento.