Policiais do Pará ameaçam greve11/Mar, 15:37 Belém, 11 (AE) - Os 20 mil policiais civis e militares do Pará ameaçam entrar em greve se o governador Almir Gabriel (PSDB) não conceder reajuste salarial imediato de 63%. Segundo a Associação de Delegados de Polícia (Adepol), há cinco anos que os vencimentos da categoria vêm sendo corroídos pela inflação. Segundo a Adepol, se até quarta-feira o Estado não der resposta às reivindicações, haverá paralisação por tempo indeterminado. A última greve conjunta da PM e Polícia Civil foi em junho de 1997. Para acabar com o movimento, o governador concedeu abono de R$ 180.