Assine e navegue sem anúncios [+]
OPERAÇÃO PADROEIRA -

Polícia Rodoviária do PR registra aumento de 4% de autuações por radar


Vitor Ogawa - Grupo Folha
Vitor Ogawa - Grupo Folha

A Polícia Rodoviária do Paraná registrou um aumento de 4% de autuações por imagens de radar em relação ao mesmo período do ano passado, na Operação Padroeira. A ação foi realizada até às 23h59 de terça-feira (12) e o trabalho envolveu as seis Companhias da unidade. Foram 4.491 registros neste ano contra 4.303 no ano passado. Para reforçar a operação, policiais do serviço administrativo também foram convocados para atuar nas rodovias.


 

Polícia Rodoviária do PR registra aumento de 4% de autuações por radar
Fabio Alcover/12-10-2015
 


As equipes permaneceram em pontos e horários estratégicos, atuando através de abordagens, utilizando radares e etilômetro, e cães para localizar de drogas e armas de fogo. 


O número de pessoas presas pelo artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro, que é conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa, aumentou de duas em 2020 para seis neste ano. Já a quantidade de pessoas abordadas para prisão ou condução subiu de 2.099 para 2.392 (13%).


Dos 83 acidentes, nove pessoas morreram e 62 ficaram feridas. A operação removeu 58 veículos este ano contra 84 no ano passado (-31%); abordou 1.700 veículos em 2021 contra 2.117 no ano anterior; e fez 1.092 autos de infração em 2021 contra 1.932 realizados em 2020.


Parte da queda dos números pode ser explicada pela redução do efetivo de 641 para 447 policiais e de viaturas de 647 para 361 de um ano para outro (-30%).



“A gente percebe que ocorreu esse aumento de infrações de veículos em abuso de velocidade em 4% e também ocorreu um aumento na quantidade de condutores constatados com embriaguez ou autuação por situação de crime, que foram encaminhados à delegacia”, destacou o porta-voz do BPRv (Batalhão de Polícia Rodoviária), tenente Sidnei Hudach.


A falta do uso de cinto de segurança ou da cadeirinha para crianças também preocupa. “São os cuidados básicos que a gente sempre orienta o condutor e o passageiro a tomar quando for viajar, porque em rodovias se transita por períodos longos e por vários quilômetros e eles são extremamente necessários para a preservação da vida.” 



Na região da 2ª Companhia da Polícia Rodoviária Estadual, que abrange a área de Londrina, a operação contou com 109 policiais distribuídos em 65 viaturas. Foram registrados 20 acidentes que resultaram em quatro mortes e 29 feridos. Foram apreendidos na região 44,46 kg de maconha. A 2ª Cia autuou 1.230 veículos por imagens de radar, lavrou outros 181 autos de infração, removeu 4 veículos, abordou 225 veículos e fez 7 testes de etilômetro.


O porta-voz do BPRv (Batalhão de Polícia Rodoviária), tenente Sidnei Hudach, afirmou que houve um pequeno aumento na quantidade de acidentes no Estado em relação ao ano passado. “Considerando que a gente teve o maior maior volume de veículos transitando nas rodovias e também porque o período chuvoso neste feriado foi grande em comparação ao ano passado. Isso ocasionou esse índice de acidentes para esse ano.” Sobre apreensões de drogas ele falou que especificamente no posto rodoviário foram apreendidos ali 44,5 kg de maconha entorpecente durante abordagens a ônibus de turismo. 


Receba nossas notícias direto no seu celular. Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.


Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo