Sydney, 11 (AE-AP) - A polícia federal australiana informou nesta terça-feira (11) estar examinando novas evidências contra Konrad Kalejs, um letão naturalizado australiano suspeito de crimes de guerra.
O governo e alguns observadores repetiram advertências de que as evidências contra Kalejs eram inconsistentes e que a reabertura de um processo ameaçaria um julgamento no futuro ou possíveis procedimentos de deportação.