Brasília, 28 (AE)- O PMDB anuncia hoje os nomes do presidente e relator da comissão especial que irá examinar a medida provisória que definiu o valor do salário mínimo em R$ 151,00. Como demonstração de prestígio ao governo, os líderes do PMDB, senador Jáder Barbalho (PA) e deputado Geddel Vieira Lima (BA), vão participar como membros efeitos da comissão. "Isso demonstra a importância que o PMDB dá a essa comissão", disse há pouco à Agência Estado o líder Geddel, ao dar a infomação. Diferente do que acontece com o PFL, que vem criticando a solução dada pelo governo à questão do salário mínimo, com esse gesto o PMDB acaba de aproximando cada vez mais do Palácio do Planalto.