PF apreende lança-perfume no Aeroporto de Congonhas2/Mar, 16:52 Por Marcelo Cardoso São Paulo, 02 (AE) - Agentes federais detiveram hoje pela manhã duas pessoas com lança-perfume no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo. Ambas tentavam embarcar para cidades de Santa Catarina. A primeira apreensão de lança-perfume - proibido no Brasil por ser entorpecente - foi as 7h30, quando um universitário de 21 anos, que iria para Navegantes, foi preso com cerca de dez frascos do produto. Por volta das 10 horas os agentes prenderam uma dentista de 27 anos, que embarcaria para Florianópolis. Com ela, foram encontrados seis frascos de lança-perfume. Ambos - a PF não divulgou a identidade dos dois- foram autuados em flagrante por transporte de substância entorpecente. Segundo o delegado Gilberto Tadeu Vieira Cezar, assessor de imprensa da PF, os dois alegaram que usariam o produto. Eles disseram não saber que o lança-perfume é considerado entorpecente. Ambos pagaram fiança e foram liberados. A Polícia Federal iniciou hoje a Operação Carnaval - de combate ao tráfico de drogas principalmente nos aeroportos e terminais rodoviários da cidade. O delegado Gilberto Tadeu Cezar informou que as equipes foram reforçadas nos Aeroportos Internacional de São Paulo, em Guarulhos, e de Congonhas, na zona sul da capital, e nos terminais rodoviários. Tráfico - "Os sacoleiros que forem detidos transportando lança-perfume serão autuados em flagrante por tráfico de droga e não por contrabando", alerta o delegado.