Petróleo para abril fecha em baixa a US$ 31,69 o barril2/Mar, 20:33 Nova York, 02 (AE-DOW JONES) - Os futuros de petróleo finalmente cederam à realização de lucros e fecharam em baixa na New York Mercantile Exchange (Nymex). Pela manhã, os contratos de petróleo para abril chegaram a registrar a máxima de US$ 32 15 o barril - nível mais elevados em 9 anos. Depois disso, os futuros de petróleo recuaram, pressionados pelas negociações para elevação da produção, que brecaram a alta dos preços. Após dois dias de reunião em Londres, os ministros da Arábia Saudita, Venezuela e México reconheceram a necessidade de aumentar a produção para repor os estoques mundiais. Contudo, eles disseram que irão esperar até 27 de março, quando será realizada a reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), para tomar uma decisão. Esses três produtores costuraram os acordos em 1998 e 1999 com a Opep e outros países para cortar a produção diária em mais de 5 milhões de barris, com o objetivo de elevar os preços da commodity. "Esta é a mais forte declaração que podemos dar em termos de elevação da oferta", disse o ministro mexicano, Luis Tellez. Embora os ministros não tenham dito quando e quanto eles pretendem elevar a produção, os comentários serviram para reforçar as especulações do mercado de que um aumento da produção está a caminho. "As incertezas que haviam pela manhã nos levaram para cima, mas a combinação de nova alta dos preço e os comentário de aumento de produção levou o mercado a realizar lucros", disse um analista da GSC Energy de Atlanta, Chris Schacte. Contudo, o mercado continua em tom de alta. "Tecnicamente, parece que ainda há espaço para subir US$ 1,00 ou US$ 2,00. Olhando apenas para os fundamentos, não há razão para vender", acrescentou Schacte. Os contratos de petróleo para abril fecharam em US$ 31,69 o barril, com queda de US$ 0,08. A mínima foi de US$ 31,26 e a máxima, de US$ 32,15.