Brasilia, 28 (AE) - O diretor de Finanças Públicas e Regimes Especiais do Banco Central, Carlos Eduardo Freitas, disse, por intermédio da assessoria de imprensa, que a reunião encerrada há pouco com representantes da Petrobrás "foi tranquila". O encontro serviu para que a Petrobrás apresentasse suas explicações ao BC sobre às operaçôes de antecipação de ICMS feitas com os estados de Pernambuco, Paraná e Mato Grosso do Sul. De acordo com a assessoria de imprensa do BC, a Petrobrás ficou de encaminhar em dois dias um parecer ao BC detalhando as operações feitas com os três estados.