São Paulo, 06 (AE) - O ranking sobre as maiores empresas de petróleo do mundo, feito pela publicação Petroleum Inteligence Weekly (PIW), dos Estados Unidos, com base nos números de 1998, aponta a Petrobras como 14ª colocada na cotação de 1999. Nesta edição a estatal apenas manteve a colocação obtida em 1998 com base nos resultados de 1997. A PIW relaciona as 50 maiores e mais importantes empresas e é um referencial para o setor em todo o mundo.
Segundo a Petrobras, que está divulgando a informação, a classificação leva em conta as reservas e a produção de petróleo e gás natural, e a capacidade de refino e venda de derivados. A Petrobras teve o oitavo maior lucro líquido, a nona maior capacidade de refino e a mesma posição em venda de produtos. A 15ª em volume de reservas e a 17ª em produção de petróleo.
Do primeiro ao 13º lugar, a classificação é a seguinte: Saudi Aramco, da Arábia Suadita; PDVSA, da Venezuela; Exxon Mobil, dos Estados Unidos; Nioc, do Irã; Royal Dutch/Shell, do Reino Unido/Holanda; BP Amoco Arco, do Reino Unido; Pemex, do México; Total Fina, da França; KPC, do Kwait; CNPC, da China; Pertamaina, Indonésia; Sonatrach, da Argélia; e Chevron, dos Estados Unidos. Depois da Petrobras, figuram imediatamente Texaco, dos Estados Unidos; Adnoc, de Emirados árabes Unidos; Eni, da Itália; e Repsol/YPF, da Espanha.