Parte de teto desaba em apartamento no Palace 1 e assusta moradores6/Mar, 9:25 São Paulo, 6 (AE) - Dois anos depois do desabamento do edifício Palace 2, na Barra da Tijuca, ocorrido exatamente nesta época de carnaval, o prédio vizinho Palace 1, que teve sua estrutura abalada na ocasião e chegou a ficar oito meses interditado, voltou a virar notícia nesta madrugada. O advogado Sátiro José Teixeira, 45 anos, e a mulher, a psicóloga Daisi Lúcia de Moraes Teixeira, 26 anos, proprietários do apartamento 2006 do Palace 1, entraram em pânico achando que o prédio poderia estar desabando depois que parte do teto do quarto deles numa área de cerca de quatro metros quadrados, caiu sobre a cama. Eles estavam na sala assistindo pela televisão o desfile das escolas de samba. O filho do casal, Lucas, 4 anos, dormia em outro quarto. Ninguém saiu ferido. O advogado e sua família voltaram para o apartamento Palace 1 há apenas três meses. A família estava morando em um apartamento alugado em Jacarepaguá, zona oeste. Sátiro José Teixeira esteve na delegacia da Barra da Tijuca registrando o fato, e o delegado de plantão, Sérgio Lomba, foi com o casal até o apartamento e providenciou a vistoria ainda hoje por um engenheiro perito do Instituto de Criminalística Carlos Ébole, da Polícia Civil.