Pandemia -

Paraná tem 1.906 casos de Covid-19; Londrina registra 120

Dois meses após as primeiras confirmações, Paraná contabiliza 113 óbitos, sendo 15 em Londrina

Walkiria Vieira - Grupo Folha
Walkiria Vieira - Grupo Folha

Duas novas mortes foram registradas no Paraná nesta terça-feira (12), em decorrência do Covid-19, passando de 111 para 113 óbitos. De acordo com a Secretaria da Saúde do Paraná, trata-se de uma mulher, de 91 anos, residente de Cascavel que faleceu no dia 7 de maio e um homem, de 57 anos, que morava em São José dos Pinhais e que veio a óbito no dia 10 de maio. Ambos estavam internados. Ao todo, são 57 novas confirmações.


Paraná tem 1.906 casos de Covid-19; Londrina registra 120
 

 

Dois meses após as primeiras confirmações, Paraná tem 1.906 casos de Covid-19. Naquele 12 de março, a capacidade de testes ainda era limitada e a preocupação era com as viagens internacionais dos paranaenses ou os deslocamentos para cidades de outros estados. Nesse período, o Estado multiplicou a capacidade de testes, estabeleceu controle sanitários nas divisas, restringiu a circulação de pessoas e estruturou uma rede com 549 leitos de UTI, um hospital exclusivo na capital e sete hospitais no Interior.



 

Os municípios que tiveram casos confirmados são: Ampére (1), Apucarana (2), Cascavel (2), Coronel Vivida (1), Curitiba (4), Figueira (1), Foz do Iguaçu (7), Guairacá (1), Londrina (6), Maringá (1), Medianeira (2), Mirador (1), Palotina (1), Paranapoema (1), Paranavaí (2), Pato Branco (2), Ponta Grossa (1), Ramilândia (1), Ribeirão do Pinhal (2), Santa Isabel do Ivaí (2), Santa Tereza do Oeste (1), Santa Terezinha de Itaipu (1), Santo Antônio do Caiuá (1), São José dos Pinhais (7), Telêmaco Borba (1), Tijucas do Sul (1), Três Barras do Paraná (1) e Wenceslau Braz (3).


O Paraná registrou, em média, 30 casos novos e quase dois óbitos por dia nesse período. A média de idade dos pacientes que morreram pela doença é de 68 anos. O mais jovem tinha 34 e o mais idoso, 95 anos. Além disso, praticamente 70% dos pacientes já estão recuperados.


Segundo o secretário de Saúde, Beto Preto, as políticas implementadas nesse período e intervenções pontuais em alguns municípios permitiram controlar o avanço da doença, ainda que ela continue a causar muitos danos. “Se olharmos de forma epidemiológica essa situação, são quase nove semanas do novo coronavírus no Estado. O alcance e a quantidade de pessoas convalescentes e que morreram pela Covid-19 são indicadores que demonstram perigo”, afirmou.


O boletim atualizado do Covid-19 em Londrina soma 120 casos, três a mais que o boletim anterior, de segunda-feira (11). O número de óbitos é de 15 pessoas, óbito de paciente do sexo masculino confirmado também nesta segunda. Os números oficiais apontam ainda 92 pacientes recuperados, 154 suspeitos e 1.028 descartados.


De acordo com a assessoria de imprensa do município, dos pacientes em estágio ativo da doença, seis estão internados - três em UTI e três em Enfermaria e sete permanecem em isolamento domiciliar. 


Dados do Ministério da Saúde desta terça-feira (12) apontam que o Brasil registrou 881 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, um novo recorde diário. Ao todo, são 12.400 óbitos confirmados pela doença. O recorde anterior era de 751 novas mortes por Covid-19, de sexta (8).


No dia seguinte, sábado (9), houve 730 novos óbitos, e o País ultrapassou a marca de 10 mil mortes pela doença. Na semana passada, foram vários dias seguidos com mais de 600 óbitos novos por dia – 600 na terça (5) , 615 na quarta (6), e 610 na quinta (7). Na segunda (11), foram registradas 396 novas mortes por Covid-19, um número menor do que nos dias anteriores, mas a própria pasta aponta que uma redução é esperada aos fins de semana porque as equipes de saúde nos estados e municípios atuam em número menor. 




O País também registrou 9.258 novos casos confirmados de Covid-19 e tem, ao todo, 177.589 casos. Segundo especialistas, os números reais devem ser maiores, já que há baixa oferta de testes no País e subnotificação. (Com Folhapress)

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo