Agência Estado
De Brasília
O governo mexicano tem prazo de 90 dias para pedir formalmente ao Supremo Tribunal Federal (STF) a extradição da cantora Gloria de Los Angeles Trevi Ruiz, da bailarina Maria Raquenel Portillo e do empresário Sergio Gustavo Andrade Sanchez. Presos na quinta-feira no Rio de Janeiro pela Polícia Federal, os três são acusados de sequestro e corrupção de menores.
O mandado de prisão preventiva dos três foi assinado pelo presidente do STF, Carlos Velloso. A expectativa é de que o governo mexicano encaminhe em breve ao Supremo um pedido formal para que os três sejam extraditados. Após receber o pedido de extradição, o presidente do STF distribuirá o processo para um dos dez ministros.
O passo seguinte será o interrogatório dos acusados pela Polícia Federal. Antes do julgamento do pedido de extradição pelo STF, os advogados dos mexicanos poderão encaminhar ao tribunal a defesa e o Ministério Público, se posicionar sobre o caso.