Buenos Aires, 12 (AE-AP) - O vice-presidente argentino Carlos Alvarez confirmou nesta quarta-feira (12) ter sido detectada a presença do ex-general paraguaio Lino César Oviedo na província de Corrientes, de onde fez ligações de um telefone via satélite.
Mas os agentes de inteligência não conseguiram prendê-lo, supostamente por faltar instrumentos técnicos para localizar a tempo o lugar exato onde se encontrava, acrescentou o vice-presidente.