Ornélas diz que teto salarial corrigirá distorções em aposentadorias2/Mar, 18:19 Por Eliane Azevedo Rio, 02 (AE) - O ministro da Previdência e Assistência Social, Waldeck Ornélas, afirmou hoje que o estabelecimento do teto salarial do funcionalismo público foi uma "medida positiva", que vai corrigir distorções nas aposentadorias do setor. "Há aposentadoria megalômanas que terão de se adaptar ao novo limite", disse. "O teto corrige isso e desenha uma política nova para o setor público." Apesar de o valor de R$ 11.500,00 ser aplicável às aposentadorias do serviço público, que não são geridas pelo ministério dele, Ornélas acha que as aposentadorias especiais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) poderão ser revistas. Atualmente, o valor máximo pago é de R$ 8 mil. "Apesar de serem do INSS, são pagas pelo Tesouro Nacional, mas não passam de 150 casos", explicou.