MUSCAT, Omã, 07 (AE-AP) - O petroleiro russo interceptado na semana passada pela Marinha dos Estados Unidos no Golfo de Omã por supostamente contrabandear petróleo iraquiano aportou nesta segunda-feira (07) em Omã e ficará livre para partir com toda a tripulação após ser descarregado, anunciou o sultanato.
Omã confirmou haver um iraquiano a bordo. A carga deve ser vendida e o dinheiro, repassado à Organização das Nações Unidas (ONU).