|
  • Bitcoin 102.220
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

GERAL

m de leitura Atualizado em 14/06/2022, 18:50

Obra de interseção da Estrada da Bratislava sofre mais um atraso

O DER/PR informou que a previsão de término de todos os serviços é até o final de julho

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 14 de junho de 2022

Vítor Ogawa - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

O DER/PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná) informou que devido à quantidade excessiva de chuvas este ano foi necessário prorrogar o prazo de execução da obra da trincheira localizada no KM 163 da rodovia BR-369, interseção da avenida Brasil com a estrada Bratislava, no município de Cambé (Região Metropolitana de Londrina).

A ordem de serviço foi assinada pelo governador Ratinho Jr. em setembro de 2020 e previa que a obra seria entregue em 18 meses, três deles para a elaboração do projeto e 15 para a execução da obra. O prazo para conclusão dos trabalhos já sofreu algumas prorrogações e a previsão anterior era de que ela fosse entregue até o fim de junho. Em resposta à reportagem da Folha de Londrina, a assessoria de comunicação do órgão informou que a previsão de término de todos os serviços é até o final de julho.

O DER/PR informou que a previsão de término de todos os serviços é até o final de julho. O DER/PR informou que a previsão de término de todos os serviços é até o final de julho.
O DER/PR informou que a previsão de término de todos os serviços é até o final de julho. |  Foto: Gustavo Carneiro/Grupo Folha
 

“O DER/PR informa que deve ser iniciada no dia 15 a capa final de CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente) da BR-369 no local, com a pista sendo liberada no final da semana que vem, se as condições climáticas forem favoráveis neste intervalo. Isso vai permitir ao DER/PR prosseguir na execução das vias marginais e ligação das vias municipais às passagens superiores da trincheira.” O órgão julgou necessário prorrogar o prazo de execução da obra devido à quantidade excessiva de chuvas este ano. 

Pelo cronograma inicial, a obra já deveria estar na fase de serviços complementares, implantação de sinalização e de desmobilização de equipamentos, mas isso ainda não está ocorrendo. A capa de CBUQ mencionada pela assessoria, consta no edital como um serviço de pavimentação que deveria ter sido executado há três meses. A reportagem procurou o Consórcio Cambé OAE Bratislava, responsável pela obra, mas não obteve retorno.

PREJUÍZO

Extensão do prazo de conclusão da obra prolonga os prejuízos de empresas instaladas nas imediações. Kawana Vieri Sarggin, proprietária da MK Automecânica, uma oficina mecânica próxima ao local da obra, relatou que desde o início dos trabalhos de execução de readequação do local houve prejuízos ao seu negócio. “Atrapalhou bastante, porque temos bastantes clientes para baixo da rodovia BR-369, em direção da Estrada da Bratislava, que deixaram de frequentar a oficina porque a trincheira fechou a passagem. “Quando concluírem a obra eu acredito que esses clientes voltem a frequentar a oficina, porque o fechamento da passagem impediu o fluxo tanto de ida como de volta. Para quem for da Bratislava e queira vir para cá precisa dar uma volta muito grande”, declarou.

Ela reforçou que as obras geraram um tráfego de veículos muito intenso. “Tem muito engarrafamento. Antes da obra, o trânsito fluía bem. Agora o transtorno está grande. Liberaram para subir pela entrada de Cambé, mas ainda não tem como fazer o retorno para Londrina. Quem quiser fazer isso precisa se deslocar pelo Centro de Cambé e por lá também aumentou muito o trânsito”, destacou.

Antônio Hermínio Luchessi, proprietário da empresa Torno e Solda Cambé, que também fica próximo a local, relatou que a obra é necessária, porque irá mudar bastante o trânsito nessa região. “Antes, para cruzar ali, era um lugar muito perigoso. Acredito que vai melhorar bastante, pois o fluxo pesado irá passar por baixo.” Ele explicou que possui muitos clientes do outro lado da rodovia. Segundo ele, mesmo antes das obras era bem complicado cruzar o trecho. “Quem cruzava por ali corria risco de sofrer acidente. O pessoal não respeitava o semáforo. Cheguei a presenciar vários acidentes. Muitos deles ocorriam porque o carro parava e o caminhão batia na traseira. Isso confundia o pessoal que não conhecia a região”, apontou. 

LEIA TAMBÉM:

+ Perigo na trincheira de Cambé

+ Obra do viaduto da Bratislava deve ficar pronta em 2022

Ele afirmou que seu negócio não sofreu com a interferência do fluxo de veículos. “Trabalho mais com agricultores e é um serviço mais específico, mas sei que os outros empresários que trabalham mais com o varejo acabaram sentindo, pois, precisaram sair pelo centro da cidade”, destacou.

O DER/PR informa que notifica a empresa executando os serviços quanto a melhorias na sinalização sempre que necessário, sendo realizadas as alterações na sequência. “A obra atende as exigências quanto a sinalização provisória de obras previstas em legislação e normativas vigentes, com registro apenas de situações pontuais envolvendo usuários do trecho. O DER/PR reitera a importância de seguir pelo local com cautela e prudência redobradas, enquanto durar o período de obras.”

Recentemente a Folha de Londrina publicou uma foto enviada pelo leitor Edinelson Alves, de Rolândia, de um veículo de passeio de Umuarama que caiu na trincheira por falta de sinalização e iluminação adequada para o período de neblina. O episódio ocorreu no dia 2 deste mês. A reportagem voltou ao local na segunda-feira (13) e constatou que a falta de sinalização iluminada ainda é um problema nos dias em que há cerração ou mesmo no período noturno. 

CONGESTIONAMENTO

A reportagem enfrentou congestionamento no local da obra, cena que tem se repetido com frequência. Sobre o congestionamento que se forma no local, o DER/PR informa que obras em perímetro urbano, especialmente em rodovias de grande movimento, tendem a gerar lentidão no tráfego de veículos durante os períodos de intervenções maiores nas pistas. Com a liberação da BR-369 prevista para a semana que vem, o tráfego de veículos já deve mostrar melhoria significativa.

" Com a liberação da BR-369 prevista para a semana que vem, o tráfego de veículos já deve mostrar melhoria significativa." " Com a liberação da BR-369 prevista para a semana que vem, o tráfego de veículos já deve mostrar melhoria significativa."
" Com a liberação da BR-369 prevista para a semana que vem, o tráfego de veículos já deve mostrar melhoria significativa." |  Foto: Gustavo Carneiro/Grupo Folha
 
Receba nossas notícias direto no seu celular. Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.