Curitiba - Os novos valores das praças de pedágio nas rodovias que cortam o Estado entraram em vigor ontem. O aumento de 4,53% em média (oscilação mínima de 3,57% e máxima de 5,33%) no valor das tarifas foi divulgado na semana passada, pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).
O índice está sendo aplicado em 27 praças de pedágio das seis concessionárias (Econorte, Viapar, Ecotataratas, Caminhos do Paraná, Rodonorte e Ecovia) que atuam no Paraná.
Diferente dos últimos anos, o governo estadual autorizou o reajuste sem que as concessionárias precisassem recorrer à Justiça para garantir a elevação, prevista em contrato. A fórmula para aumento é baseada numa combinação de diversos índices de variação de preços de obras e serviços voltados a rodovias.
O reajuste aprovado ficou abaixo da inflação dos últimos doze meses, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que registrou 6,66%. O novo valor autorizado não chega a ser o menor registrado no sistema paranaense de concessões: em 2009, a variação foi de 1,5%, em média.
Exemplos
Um motorista de carro, que sai de Londrina com destino a Curitiba, passando pela BR-369 e BR-376, gastava com pedágio até o dia 30 de novembro, R$ 43,30. Desde ontem, esse valor subiu para R$ 45,20. Se a viagem se estender até o litoral do Estado, o custo passou de R$ 56,60 para R$ 59,10. De Londrina a Maringá, este valor que era de R$ 11,20, agora fica em R$ 14,50. Já o deslocamento feito até Foz do Iguaçu, seguindo pela BR-369 e depois pela BR-277, que custava R$ 54,30, agora sai por R$ 55,70.
Para um motoqueiro, a viagem de Londrina a Curitiba, que antes saía por R$ 21,70, agora não sai por menos de R$ 22,90, passando pelas praças de pedágio. Se o percurso for até o Litoral, o preço sobe de R$ 28,40 para R$ 29,90. De Londrina até Maringá, o motoqueiro vai desembolsar R$ 7,30, quando antes pagava R$ 5,60. Até Foz do Iguaçu, o valor da viagem que era de R$ 27,20, fica agora em R$ 28,10.
O peso maior no bolso ficou para os caminhões de dois eixos. De Londrina até Curitiba, o gasto era de R$ 72,40, e agora está em R$ 75,00. Já para quem precisa ir até o Porto de Paranaguá, o valor subiu de R$ 94,80 para R$ 98,40. Até Maringá, o caminhoneiro passa a pagar R$ 20,00 ao invés de R$ 19,20. E, de Londrina até Foz, o custo que antes era de R$ 92,80, agora fica em R$ 95,20.

Imagem ilustrativa da imagem Novos valores dos pedágios em vigor